Arte, Cultura e Esporte

arts 250Atividades artísticas, culturais e esportivas tem a capacidade de gerar transformações pessoais e sociais. Quando se está lidando com crianças e jovens em situações vulneráveis, esses são um meio atrativo de comunicação, expressão e esperança. Quando feito com cuidado, esse tipo de trabalho oferece inspiração para crianças que tem que lidar diariamente com pobreza e violência, e pode mostrar novos caminhos para que elas mudem suas vidas para melhor.

O ABC acredita que esse trabalho é essencial para o desenvolvimento completo dessas crianças, abrindo novos horizontes e revelando um potencial escondido, em paralelo a discussões mais amplas sobre cidadania, meio ambiente, drogas, violência e saúde sexual.

Trabalhar com artes e esporte muitas vezes tem um impacto mais profundo e mais duradouro que projetos tradicionais de educação ou desenvolvimento comunitário. Além disso, resultados positivos tem um alcance que vai além do indivíduo, atingindo também sua família, sua comunidade e além.

Abrigo e Cuidados

quixote logo to useQuixote
Apoio ABC de 2010 - 2012

Quixote tem o objetivo de dar esperança de um futuro melhor para crianças em situação de vulnerabilidade social, que vivem na cidade de São Paulo.

Atuando através da arte, da saúde e da educação, Quixote procura criar novas histórias de vida para crianças, jovens e famílias em risco, bem como mostrar novas alternativas  para enfrentar o dia a dia rodeado de violência, abuso, abandono e pobre em bons exemplos e valores.

ABC apoiou o Quixote no trabalho com o time que representou o Brasil no evento “Street Child World Cup” realizado em Durban em 2010, bem como a continuidade do trabalho com esses jovens após o evento. Quixote ofereceu o apoio necessário para esses jovens enfrentarem o passado e construirem um futuro melhor. Em Durban, eles trocaram experiências através da arte e de atividades educacionais com outras crianças em situação de rua e entenderam que eles não estão sozinhos.  Essa experiência foi vital para melhorar a auto-estima e fortalecer a confiança desses jovens, tornando-os capazes de lutar por seus direitos e por um futuro melhor para as crianças. 



 

Task Brasil – cuidando das necessidades individuais das crianças em situação de rua
Apoio ABC - 1998-2007

A Task Brasil Trust é uma instituição de caridade baseada no Reino Unido que busca dar apoio e atenção e permitir com que as crianças desenvolvam sua autoestima e independência.

Casa Jimmy

A primeira undidade habitacional da Task Brasil foi fundada em 1998 com uma doação do patrono fundador da ABC, Jimmy Page. A Casa Jimmy proporcionou um lar seguro e alegre para 500 crianças e adolescentes grávidas. Desde 2011, a Task Brasil redirecionou seu foco para projetos voltados para o apoio à comunidade.

A ABC ofereceu um apoio substancial para a TASK Brasil por muitos anos, até 2007.

 



Crianças com Fome

Apoio ABC 2003-2007

Children in Hunger é uma pequena instituição de caridade com sede no Reino Unido. Ela trabalha em duas favelas em Fortaleza, no nordeste, a região mais pobre do Brasil. Muitas crianças sofrem de desnutrição e outros problemas de saúde. A educação é precária e muitas crianças e famílias estão marginalizadas.

O CIH (Children in Hunger) apoia dois projetos. O primeiro projeto que foi lançado pelo Children in Hunger atualmente oferece refeições diárias para 300 crianças, geralmente a única refeição que elas terão durante o dia. O segundo é uma escola para 100 crianças, que oferece educação básica. O apoio da ABC ao CIH contribuiu para a continuidade e expansão desses projetos fazendo com que mais crianças sejam atendidas.

“Não tenho pai e minha mãe não tem trabalho, então quase nunca tem comida em casa, daí eu venho aqui para comer".  Gabriela, de 7 anos.






Abrigo e Berçário Luz de Escol – cuidado temporário para crianças abandonadas.
Apoio ABC 2004-2007

O Luz de Escol conduz um abrigo temporário para crianças desabrigadas e abandonadas, oferecendo amparo, refeições regulares e um serviço que tenta reintegrar as crianças a suas famílias ou encontrar pais adotivos. Algumas das crianças que vão para o abrigo foram abandonadas nas ruas por seus pais, que são muito pobres para cuidar delas ou sofrem com problemas de alcoolismo e drogas. Por conta disso, o projeto também trabalha com a família, ajudando os pais a encontrarem emprego e melhorarem dessa forma a situação do lar.

O projeto foi fundado em um bairro violento, Nova Iguaçu. O suporte da ABC permitiu, pela primeira vez, que o projeto empregasse profissionais especializados. O apoio também resultou em melhores instalações para as crianças e possibilitou o reconhecimento oficial do projeto.

 






Fazenda Arco-íris – um lar para crianças do centro urbano
Apoio ABC 2005-2007

Situado perto de Belo Horizonte, esse projeto de uma fazenda residencial ajudou crianças abandonadas e vítimas de abuso, oferecendo a elas um lugar para morar por períodos curtos ou longos. Graças a um ambiente tranquilo e relaxante para brincar e aprender, a fazenda funcionou como um antídoto perfeito para os perigos de se viver nas ruas de uma cidade grande.

O ambiente familiar propiciou o acesso das crianças à educação, ao aconselhamento e a cuidados pessoais, quando necessário. A Fazenda Arco-Íris ajudou a dar às crianças esperança e uma vida mais positiva, enquanto buscava por novas famílias para adoção.




Amigos de Maria & SOMAR
– um refúgio para crianças abandonadas em Salvador
Apoio ABC 2005-2008

O projeto Amigos de Maria foi fundado como uma pequena instituição de caridade com base no Reino Unido para dar apoio financeiro e consultoria para o Refúgio Maria. Ele também ajudou a fundar o Centro de Cuidados à Criança, o SOMAR, tudo isso com o apoio da ABC.

Em 2008, o Somar ofereceu educação, cuidados básicos com a saúde, aconselhamento, refeições, lavanderias e um lugar seguro para brincar para 30 crianças que não teriam nenhum acesso à educação. 

 

Projeto Estrela do Amanhã – cuidando das necessidades básicas e promovendo a cidadania.
Apoio ABC 2004-2007

O projeto Estrela do Amanhã fornece comida, cuidados médicos e odontológicos, além de promover atividades relacionadas à arte e a esportes no centro Umbuzeiro, na fronteira dos estados da Paraíba e Pernambuco. Desde 2006, o Centro de Desenvolvimento da Criança trabalha tentando afastar as crianças do envolvimento com a violência, com a delinquência e com a prostituição. Além disso, também promove a paz, a cidadania, o trabalho voluntário, a defesa de um bom ambiente na comunidade e a luta pelos direitos humanos e pela democracia.

 A comunidade sofre com problemas de saneamento básico e altos índices de doenças. O centro é um dos poucos lugares onde as crianças têm acesso à agua limpa. Muitas crianças foram abandonadas e outras têm dietas muito pobres e sofrem de desnutrição. As autoridades fazem muito pouco para ajudar, o que leva as crianças a se tornarem marginalizadas.

“Vivo em condições muito pobres sem nem o básico para comer. Eu fui para o Estrela quando não estava bem e eles tomaram conta de mim e me deram remédio”.  Bruno, de 8 anos.

Educação

A ABC acredita no potencial de todas as crianças e no seu direito de ter acesso ao suporte necessário para alcançar esse potencial.

Muitas crianças do Brasil vivem nas ruas e sem perpectiva para o seu futuro. Muitas vezes, são obrigadas a trabalhar para ajudar suas famílias, ou encontram-se sem abrigo e não tem para onde ir. Com pouco acesso a educação, essas crianças tem muita dificuldade de se integrar à sociedade, e encontram poucos recursos para sair da situação em que se encontram.

Apoiamos projetos desenvolvidos por comunidades locais que ajudam essas crianças marginalizadas a adquirirem uma boa educação e as competências necessárias para mudar de vida. Projetos podem ensinar crianças a ler e escrever, como criar e gerenciar uma estação de rádio, ou até ajudar jovens a começar pequenas empresas.

Os projetos que apoiamos enfatizam a importância de uma educação completa. Alfabetização e formação profissional são etapas importantes, mas também são o encorajamente de talentos artísticos e de um verdadeiro desejo de aprender.

Arte e Cultura

crescer3Crescer e Viver - Apoio ABC -  de 2006 - 2010

Crescer e viver foi fundado em 2000 com a missão de contribuir para o desenvolvimento social e humano de crianças, adolescentes e jovens de regiões pobres do Rio de Janeiro.

O projeto utiliza cultura e artes circenses como elemento central de uma atuação focada na geração de múltiplas oportunidades permitindo que, os indivíduos melhorem tanto sua própria situação quanto a daqueles ao seu redor.

Situado na região central do Rio, Crescer e Viver atende 150 crianças e jovens de 7 a 24 anos provenientes de regiões economicamente desfavorecidas, particularmente de favelas e de locais com elevado número de crianças vivendo em situação de rua. 




gp logo200jpgGueto Poético - Apoio ABC - Dezembro 2007 – 2010

O Gueto Poético atuou em Bom Juá e Alto da Terezinha utilizando a participação da comundidade como uma ferramenta para combater a exclusão social e a pobreza extrema, que são questões críticas nas comunidades de Salvador. Entre os anos de 2007 a 2010, a ABC financiou a construção de uma sede, as atividades que estavam em andamento e os custos básicos com os voluntários que conduziam o projeto. O projeto contou com oficinas de violão, habilidades circenses e aulas de teatro e poesia. Dessa forma, aumentou a motivação e fortaleceu a autoestima das crianças.

 


 

Solar Meninos de Luz - Apoio ABC- 2006-2009

O Solar Meninos de Luz proporciona educação em tempo integral para crianças e jovens em situação de risco no Rio, ao longo da infância. Com instalações na favela do Cantagalo, seu objetivo é “evitar a destruição do potencial que toda criança tem ao nascer".

A ABC promoveu atividades relacionadas à arte, como capoeira, educação musical e uma orquestra jovem para 400 crianças. Juntamente com essas atividades, o projeto também fornece assistência social, incluindo assistência médica, familiar e necessidades básicas como três refeições diárias e cuidados para a saúde física e mental das crianças.

O Solar Meninos de Luz faz com que as crianças desenvolvam a percepção de suas próprias habilidades e alcancem um nível de expectativas e esperança para o futuro. Elas vão mais a fundo nos estudos e ingressam na vida profissional, enquanto mantém o desejo de ajudar suas comunidades.

 

Centro Cultural Monte - Apoio ABC – 2004-2007.

O Centro Cultural Monte fica no Monte, uma área em Olinda onde o índice de desemprego é grande e as pessoas que trabalham têm baixa renda, geralmente salário mínimo. As famílias tendem a ser grandes, mas vivem em casas pequenas, com 2 ou 3 cômodos. O projeto trabalha para melhorar a qualidade de vida de todas as crianças, independentemente da etnia, classe social ou qualquer limitação. 

Os principais problemas que afetam a favela, que se expande rapidamente em Olinda, são a falta de acesso à saúde, ao saneamento básico e à escola. Essa realidade leva muitas crianças a se envolverem com drogas, com o crime e com a prostituição.  

Para ajudar a combater esses problemas, a ABC cuida dos custos principais da organização que oferece uma gama de atividades, incluindo arte, esporte, apoio educacional, aconselhamento, cursos de produção de bijuterias e cursos eventuais de culinária e marcenaria.

 “O projeto é muito importante para a comunidade e para todas as crianças que participam.  Ele nos ajuda a entender a cultura brasileira e a mostrá-la para o restante do mundo”.  Andrei, de 12 anos.

Grafite A Força da Rua


O projeto original de arte contemporânea da ABC, A Força da Rua, trouxe 12 dos melhores artistas de rua do Brasil e do Reino Unido que fizeram o design exclusivo de 12 violões doados pela Gibson e arrecadaram £40,000 em um leilão exclusivo em Londres.

O espírito colaborativo e o intercâmbio cultural entre artistas brasileiros e britânicos de arte de rua é um aspecto importante da Força da Rua, e nós nos orgulhamos em propor uma edição limitada de impressões colaborativas de giclee A2 criadas exclusivamente para este projeto.

Calma (também conhecido como Stephan Doitschinoff) e Kid Acne (também conhecido como Ed Bradbury) alternam o folclore brasileiro com a fumaça e espelhos de Sheffield. O Londrino Will Barras lança o seu contemporâneo romantismo de rua sobre os personagens inocentes e perdidos de Tinho (também conhecido como Walter Nomura) de São Paulo

Todas as pinturas são edições limitadas

Top up your International Pay As You Go SIM from White Mobile and help support our projects in Brazil.